O Projeto Resistência e Persistência (REP) existe desde 2016 e atua em três frentes: crianças no contraturno da escola, lar de idosos e pessoas em situação de rua.

TRABALHO FEITO DENTRO DAS INSTALAÇÕES DO INSTITUTO:

Ao receber as crianças no Instituto, a proposta é trabalhar com elas a inteligência emocional, social e espiritual. A consciência sobre temas como respeito ao próximo e à vida e a luta ética por seus direitos proporcionam a elevação de sua autoestima e, principalmente, da consciência de que eles podem ser agentes do bem e multiplicadores da prática da gentileza e de um mundo melhor.

As ações são essenciais não só pela significativa importância de incentivar o engajamento dos adolescentes com questões que estão além do conhecimento acadêmico, mas também porque existe uma carência visível de projetos socioculturais com intuitos que vão além dos expostos nas salas de aula e que realmente abrem espaço para a voz do jovem em formação.

Acredito categoricamente no fato de que são iniciativas como essa que afastam os jovens e os adolescentes de prováveis envolvimentos com drogas, práticas criminosas e disfunções psicológicas, que tanto enfraquecem a sua autoestima”, afirma Vinícius.

A partir da poesia, do desenho, da música e de muita conversa em grupo, proporcionados nos trabalhos realizados pelo Instituto REP, crianças e adolescentes começam a confiar uns nos outros e a expressarem seus sentimentos de uma forma saudável.

“Já durante o primeiro ano de trabalho do Instituto, ficou evidente que os alunos participantes tornaram-se mais calmos, mais focados na escola e com uma visão mais otimista para o futuro”, garante o jovem idealista.

TRABALHO NA CASA DE REPOUSO

Vinícius costuma dizer que mais do que fazer o bem aos idosos que ele e suas crianças visitam semanalmente, é ele quem se beneficia. “Ao ouvir a história de vida deles, suas dores e suas saudades, aprendo muito sobre amor, tempo e sobre a importância de cada alma. Eles fazem muito bem a mim e às crianças e adolescentes que frequentam o Projeto. A cada semana, eles aprendem a respeitar mais seus familiares e o quanto é essencial acreditar nos seus sonhos e fazer suas vidas acontecerem”.

A Casa de Repouso Recanto Canaã, que passava por uma situação muito delicada em relação à falta de alguns alimentos básicos, produtos de higiene e principalmente apoio moral e emocional oferecidos aos residentes tem sido contemplada pelo Projeto REP. “Desde a primeira vez em que estive lá, percebi que os idosos são muito sofridos e que a maioria não paga para estar lá, pois foram abandonados por suas famílias. O dono do Recanto Canaã, Sr. Paulo, abraçou esses idosos sem se importar com suas condições financeiras. Estamos juntos nessa missão!”

A partir dessa iniciativa e dessa vontade de fazer um mundo melhor, outras portas foram abertas, contudo, não foi possível uma grande expansão, justamente pela falta de pessoal e de renda fixa que suportasse os gastos com as doações e promoção de eventos para angariação de recursos. “Não é fácil manter um auxílio constante. Eles têm necessidades mensais que precisam ser sanadas. Cada doação, por menor que seja, é fundamental para conseguirmos manter esse trabalho”, finaliza Vinícius.

TRABALHO FEITO COM PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA

A primeira formação superior do Vinícius foi em Gastronomia. E, ao invés de montar seu próprio restaurante ou se aperfeiçoar como Chef de cozinha, ele preferiu aliar esse conhecimento ao que considera sua verdadeira missão de vida. Tornou-se Chef da Pastoral de Rua e começou a cozinhar para pessoas em situação de rua.

Durante 4 anos, dos 18 aos 22 anos de idade, Vinícius trabalhou com muito empenho e dedicação, junto à Casa de Apoio Padre Pio. “Duas vezes por mês, realizávamos a entrega de cerca de 150 marmitas nas áreas carentes de São Paulo, aliviando um mínimo da dor e da tristeza de tantos homens, mulheres e crianças que dormem nas ruas”, explica o jovem idealizador do Projeto REP.

Com muita união, a equipe conseguia arrecadar o suficiente para fornecer uma grande quantidade de alimentos com tudo que um cardápio pede, mesmo com uma estrutura muito básica. “Nossas marmitas eram consideradas as melhores entre todas as que eram entregues nas regiões que atuávamos, sempre rica em nutrientes e sabor”.

Porém, com a criação do Instituto e recepcionando agora as crianças em seu próprio espaço, Vinícius decidiu reestruturar esse trabalho. Hoje, está se organizando para montar sua própria cozinha, onde poderá fazer as marmitas e, junto com seus aprendizes, realizar a entrega de comida nas ruas da cidade.

Mas para que isso seja possível, Vinícius conta com o apoio e a colaboração de voluntários e doadores, a fim de que possa comprar um fogão industrial e todos os utensílios necessários.

A ideia é usar esse serviço como forma também de ensinar às crianças e aos adolescentes a importância de contribuir com quem precisa de ajuda e sobre o quanto a gentileza e o amor podem mudar a vida de cada um deles.

“Toda ajuda é bem-vinda. Tudo o que uma pessoa puder doar ou fazer por nós, representa uma contribuição gigantesca. E tenho me surpreendido com o desejo que as pessoas têm de colaborar e realizar esse sonho junto comigo”, conclui Vinícius.

OUTRAS CONTRIBUIÇÕES REALIZADOS

Instituto Resistência & Persistência

Doações de materiais e Compras de Produtos do Projeto

No próprio local do Instituto, na Zona Norte de SP, Vinícius recebe doações de roupas, calçados, alimentos, cobertores e toalhas, material de higiene e de limpeza. Esse material é organizado e distribuído conforme a necessidade das famílias de algumas crianças que frequentam o Projeto, bem como de outras famílias da região.

Outra forma de contribuir com o trabalho é na forma de compra dos produtos oficiais do Projeto e também de materiais utilizados no trabalho com os alunos e participantes do projeto. Atualmente, estão disponíveis para compra materiais como CDs, camisetas, canecas, entre outros artesanatos e trabalhos artísticos que serão vinculados ao projeto.

Apadrinhamento

Considerando que o Instituto Resistência e Persistência não é subsidiado pelo governo e não conta com o apoio de uma única marca patrocinadora, todo o trabalho é sustentado pelas doações vindas de pessoas que compartilham de um mesmo desejo que o Vinícius: contribuir com amor e servir a humanidade para que jovens e crianças carentes possam construir uma vida melhor.

E a carência aqui não se trata somente de comida ou água e sim de orientação, inteligência emocional, afeto, espiritualidade e autoestima. É isso, sobretudo, que o Vinícius viabiliza quando recebe em seu espaço cada uma dessas vidas.

E você pode fazer parte dessa missão apadrinhando o projeto.

O recurso financeiro mantém o espaço, onde Vinícius criou um estúdio musical, uma sala de lazer, um ambiente para aulas e palestras e um outro espaço para convivência entre os participantes.

Você também pode visitar o Instituto e conhecer os adolescentes e as crianças pessoalmente. Pode trocar cartas e levar presentes para seu afilhado em datas especiais e pode se tornar mais um elo desta corrente de amor que vai garantir o crescimento saudável e integral de um ser humano.

Seja um padrinho!

Apoiadores

Assim como essas pessoas, você também pode ajudar a mudar a realidade de inúmeras promessas de um mundo mais justo, equilibrado, humano e gentil.